UNIDOS PELA PRESERVAÇÃO

O futuro da natureza depende do que você faz agora. Ajude a cuidar de nossas árvores, dos nossos animais, das nossas flores, principalmente dos nossos rios, mares e lagos, eles são a preservação da vida na terra. Faça sua parte! Autor: Júlia Kranz Kniest

SEJAM BEM VINDOS!!!

terça-feira, 4 de março de 2014

FRUTA NATIVA (CAMBUÍ)

FRUTA CAMBUÍ
Foto: divulgação
Foto: divulgação
O Brasil é um dos maiores produtores mundiais de
frutas e, devido a sua grande diversidade de
paisagens, sua flora é considerada uma das mais
ricas do mundo. Algumas espécies de frutíferas
nativas, em razão do aspecto extrativista, não são sequer coletadas ou aproveitadas, e se perdem nos campos. 

Muitas delas ainda necessitam de estudos
aprofundados sobre os seus recursos genéticos.
Dentre as espécies de frutíferas nativas brasileiras
pouco conhecidas e que são fontes de nutrientes,
encontra-se o cambuí (Myrciaria tenella O. Berg),
especificamente pertencente à Família Myrtaceae, e
que ocorre do Maranhão ao Rio Grande do Sul,
estendendo-se até a Argentina. Em Sergipe, já foram
observadas algumas populações naturais,
especificamente, em Itaporanga d’Ajuda e Pirambu.
Além de poder ser utilizada no paisagismo e sua
madeira ser empregada para mourões, cabos de
ferramentas e lenha, representa um recurso
medicinal importante, sendo utilizada no tratamento
de herpes, brotoejas, cólica, diarréias, entre outras.
Seus frutos são bagas globosas, brilhantes,
contendo uma ou duas sementes. Há grande
variabilidade dentro da espécie, sendo possível
diferenciar os indivíduos pela coloração de seus
frutos (roxa, vermelha e amarela).
As perdas de cambuí durante a produção não são
sequer percebidas, sendo também desconhecidas
suas características físico-químicas, que podem
 Características físico-químicas de três tipos de frutos
de cambuí.
Tipos de frutos
Variáveis:
Roxo 
Vermelho 
Amarelo
Vitamina C (mg. 100
-1MF) 
170.213 a 
111.702 b 
106.383 b
ATT ( % ácid o cítrico) 1.004 a 1.115 a 0.972 a
SST (°Brix) 16.312 a 10.750 b 12.625 b
As médias seguidas pela mesma letra não diferem estatisticamente entre
si. Foi aplicado o Teste de Tukey ao nível de 5% de probabilidade.
A composição físico-química dos frutos do
cambuizeiro o torna uma opção atraente para
consumo, sendo necessário o incremento no
conhecimento científico sobre a espécie.
variar em função do tipo, condições climáticas e
locais de cultivo.
Em análise preliminar dos atributos de qualidade de
frutos oriundos de uma população natural localizada
no município de Pirambu, SE (10º44’16’’S e
36º511’22’’W), os cambuís de coloração roxa
destacaram-se dos demais quanto ao teor de sólidos
solúveis (16,31°Brix) e conteúdo de vitamina C

(170,21 mg.100g-1MF). 

Fonte: http://www.cpatc.embrapa.br



Essa planta vegeta em grande quantidade nos tabuleiros baianos. Sendo do meu conhecimento, principalmente nas regiões entre Ribeira do Pombal a Tucano e em todos os elevados  e tabuleiros do sertão da Bahia, mais de perto nas serras e tabuleiros próximo à Fazenda Abóbora. Por sinal adoro essa frutinha, e gostaria que todos experimentasse a tal gostosura que a Natureza nos proporciona. Na época da safra, o cambuí é encontrado em grande quantidade nas feiras livres. principalmente nas cidades já citadas. 

Fonte: Unidos pela preservação

24 comentários:

tônhoverdi disse...

Consigo fazer das sementes uma muda???

tônhoverdi disse...

A muda comprada como Grumixama produzindo aqui no meu quintal e agora me disseram que é cambui. Um fruto de cor roxa muito doce do tamanho da jabuticaba sabara.

Anônimo disse...

como posso fazer uma muda?
Qual o tipo de adubação e drenagem?
Posso criar em vaso em minha casa?
jorge.alberto.rego@hotmail.com
moro na Bahia e tenho acesso ao fruto, mas gostaria de plantar algumas arvores dessa fruta maraavilhosa.

Claudiano Barbosa disse...

Existe muito cambuí em Sergipe, princippalmente na região do baixo São Francisco onde nascem livremente na natureza nas áreas de mata Atlantica.

Anônimo disse...

Gostaria de saber como adquirir ou plantar mudas de cambui. Ricardo Brito
ricardorvb@bol.com.br

Adriana disse...

Como posso conseguir mudas dessa riqueza que é essa fruta? Adoraria cultivá-la

Adriana disse...

Claudiano, vc sabe como consigo mudas de cambuí aqui em Sergipe?

Adriana disse...

Claudiano, vc sabe como consigo mudas de cambuí aqui em Sergipe?

Adriana disse...

Como posso conseguir mudas dessa riqueza que é essa fruta? Adoraria cultivá-la

Hermano Alves disse...

Se chupar a fruta, é só semear que ela germina com facilidade. Ai é só esperar a frutificação.
é uma parente da goiabeira. mas se adapta muito bem em regiões de terrenos elevados, tipo serras. é muito saboroso...

Claudio disse...

Adriana na região de Ilha das Flores-SE tem muita planta nativa nas matas da região, muitas delas na beira da rodovia estadual. Esses dias eu retirei algumasmudas e plantei num vaso e estão se dando bem. Pode também conseguir as mudas plantando as sementes dos frutos. Na época dos frutos muita gente sai para colher e vendem na cidade.
claudiano.barbosa@hotmail.com

jonatas disse...

N e facil de nascer n tento plantar e nunca conssegui

jonatas disse...

N e facil de nascer n tento plantar e nunca conssegui

Claudio disse...

Tbm plantei sementes esses dias mas ainda não nasceu. Consegui umas mudas na Mata e plantei no meu sítio.Agora é esperar.

Hermano Alves disse...

Fiquei sabendo através de meus parentes, que já tá havendo cambui nos altos das Abóbora - Ribeira do Pombal - BA.

Claudio disse...

Aqui em Sergipe acabou faz uns 15 dias. Foi produção Record. Muitas mesmo. Também vi por aqui ameixa da mata.

Claudio disse...

Aqui é Ilha das Flores.

Claudio disse...

Aqui é Ilha das Flores.

Lauro Alisson disse...

Nas regiões dos tabuleiros localizados entre Ribeira do Pombal, Tucano, Cipó e Nova Soure, nos períodos de junho a Agosto o domínio do cambuí nas caatingas é incomparável. Gostaria também de saber se alguém teve sucesso na domesticação da espécie.

Unknown disse...

Sou natural de Pintadas-BA e em um sítio que adquiri há menos de dois anos, encontrei dois exemplares da variedade amarela. Estou cuidando direitinho para preservar a espécie. Por aqui não é muito comum, pelo menos para mim a variedade roxa e vermelha. Estou pensando em comprar cinco mudas da roxa e da vermelha para cultivar numa pequena área de caatinga de pouco mais de 16 tarefas que tornarei de reserva legal a ser cadastrada.
Parabéns pelo trabalho de divulgação.

Unknown disse...

Cidade chamada Pacatuba , é cheia dessa plata

Liszandra Santos disse...

Cidade chamada Pacatuba , é cheia dessa plata

AACEL severino renzo disse...

oi. eu procuro sementes desses frutos da mata atlantica. gostaria de ajudar a replantá-los.
cordialmente. saúde e anarquia.

Claudio disse...

Boa tarde. É possivel conseguir sementes aqui. Esses dias trouxe umas e plantei. Estou esperando germinar.